Wikia Super Saga do Fim do Mundo TMJ
Advertisement

“Eu sou o vapor escaldante! Eu sou a nuvem negra! Eu sou a tempestade! Eu sou a tormenta!! Eu sou Cúmulus!!”
— Cúmulus se introduzindo a Turma

Cúmulus, sendo apelidado de Carinha das Ondas, era um antagonista da Super Saga do Fim do Mundo. Foi um grande inimigo de Cascão na infância. Provavelmente, esta morto, devido a ter entrado em contato com sol, após absorver sombra líquida para si.

Personalidade[]

Cúmulus é um homem agressivo, temperamental e descontrolado. Bia o descreveu como um valentão que gosta de arrumar encrenca. Usa seus poderes para poder tirar vantagens de mulheres, como fez com Magali, aonde ele as afoga de propósito para poder beijá-las. Apesar de gostar de provocar os outros para briga, Cúmulus se altera facilmente se ele for agredido, querendo até matar a pessoa que o agrediu. Ao beber álcool, Cúmulus se descontrola facilmente, principalmente quando está em seu estado líquido, podendo assumir a forma de um tsunami e até mesmo de um tornado.

Aparência[]

Cúmulus é um homem de pele clara, relativamente alto e um tanto musculoso. Ele tem um cabelo moicano loiro, com os lados raspados com desenhos de relâmpagos, olhos cor-de-mel, nariz fino com dois piercings e dois piercings na orelha direita. Tem uma tatuagem do kanji "水" (Mizu, que significa água) no braço direito e o símbolo celta da água tatuado em sua perna direita.

Habilidades[]

Denise o descreveu como a "criatura mais poderosa do planeta", sendo necessário liberar os poderes da Magali, que poderiam destruir o mundo, para impedi-lo.

  • Hidrocinese: Como um ser basicamente feito de água e vapor, Cúmulus possui o controle de todas as formas de água, usando-as de forma ofensiva em seus inimigos. Ele pode criar tufões e tsunamis a vontade quando em contato com grandes fontes de água. Além da água, Cúmulus pode controlar todos os líquidos possíveis, como quando ele controlou e absorveu a Sombra Líquida dentro do Cascão Feio.
    • Alteração de Forma: Cúmulus pode alternar entre sua forma humana, conhecida como Carinha das Ondas, e sua forma de água. Além disso, ele pode alterar de tamanho de acordo com a quantidade de água presente.
    • Semi-Imortalidade: Por ser feito de água e vapor, Cúmulus provavelmente não pode envelhecer, já que ele se manteve "jovem" desde que enfrentava o Cascão quando ele era criança. Entretanto, ele ainda pode ser morto por outros meios.

Fraquezas[]

  • Álcool: Por ser um alcóolatra, Cúmulus se descontrola facilmente na presença de qualquer tipo de licor, perdendo controle de seus poderes.
  • Luz do Sol: Após se tornar Sombra Líquida, Cúmulus passou a ter a mesma fraqueza que todo o resto do Povo das Sombras, a luz do Sol, sendo essa eventualmente sua morte.

História[]

Passado[]

Cúmulus era um apresentador de televisão muito portado e bonito, mas um dia, quando Cascão acidentalmente o sujou e ele perdeu o emprego, jurou se vingar e usou experiências químicas para se transformar em uma espécie de fluído feito de vapor d'água.

Em algum momento, Cúmulus se tornou um alcoólatra, se descontrolando quase sempre. Por isso, foi preso várias vezes, mas conseguiu fugir graças a seus poderes. Em algum momento, ele começou a ir frequentemente na praia para surfar, recebendo o nome de Carinha das Ondas por, supostamente, saber quando haveriam boas ondas para surfar.

1ª Temporada[]

Férias na Praia/Sombras do Futuro[]

Durante a saga, ele vai a praia, onde era aguardado por muitos surfistas, inclusive Xaveco. Enquanto surfava, ele se interessou por Magali, se oferecendo para cuidar dela das ondas selvagens, ganhando seu desprezo. Em seguida, ele faz com que uma onda atingisse Magali, deixando-a inconsciente na praia. Ele a beija, com a desculpa que estava fazendo respiração boca-a-boca, e tira a água engolida por ela. Ela agradece por tê-la salva e ele pede outro beijo, Magali se nega, mas ele a segura pelo braço e pergunta onde estava sua gratidão, que ela deveria mostrar um pouco de respeito por estar em sua praia. Mônica manda ele tirar as mãos de Magali e lhe dá um soco, derrubando-o no chão. Ele se irrita com ela e diz que ela irá pagar, se preparando para atacá-la. Porém, seus amigos chegam e o impedem de perder o controle, levando-o embora dali.

A noite, Bia conta tudo o que sabe sobre ele para Mônica e Denise, enquanto ele, bêbado, estava parado na frente da casa de praia. Enquanto Magali se arrumava no banheiro, ele entra pela banheira, pegando-a de surpresa ao dizer que ela ficava mais bonita de cabelo solto, se tornando vapor em seguida. Mais tarde, no Lual da praia, ele conta a seus amigos sobre o que tinha feito, rindo de Magali. Ao vê-la junto com as outras, ele pensa que elas o seguiram, mas seus amigos o acalmam e falam para ele beber mais. Um tempo depois, Denise do Futuro empurra Xavecão na mesa onde Cúmulus, estava derramando cerveja nele, se irritando com Xavecão. Ele puxa a camisa de Xavecão e o provoca pra uma briga, mas acaba levando um soco dele, caindo no chão.

Ele se irrita e seus amigos tentam pará-lo, pois seria preso novamente e teria que fugir, mas ele se descontrola e diz que nada pode prendê-lo, se transformando em água, começando a causar tempestades e ventos no local. Ao ver sua forma, Mônica e Bia chegam a conclusão que ele controlava as ondas. Ele revela sua identidade, sendo reconhecido por Mônica e Magali, Magali também percebe que foi se transformando em vapor que ele entrou no banheiro e a espiou. Irritada, Mônica joga uma garrafa de cerveja para ele, fazendo ele voltar a sua forma comum, o soca e o atira no mar. Porém, ele se funde com o mar e ataca o local como um tsunami. Bia, para tentar pará-lo, derruba vários litros de álcool nele, mas isso apenas o descontrola mais e ele se transforma em um tornado, jogando todos na praia. Como última alternativa, Xavecão libra os poderes de Magali, que começa a controlar Cúmulus e o prende em uma garrafa.

Eles levam a garrafa para a casa de praia, onde Xaveco acaba bebendo a água. Quando foi urinar, Cúmulus foi libertado novamente, ficando visivelmente irritado por ter sido bebido e urinado, atacando-os na casa. Xavecão é obrigado a liberar os poderes de Magali novamente e ela o prende novamente na garrafa.

2ª Temporada[]

A Torre Inversa[]

Mônica e Cascão levam a garrafa de Cúmulus para a Madame Creuzodete, por ser o único lugar seguro que conheciam. Com eles lá, ela dá uma previsão para Cascão e Mônica, mencionando indiretamente Cúmulus, chamando-o de "inimigo de ontem, pode ser o maior aliado de hoje!". A Madame coloca a garrafa de Cúmulus na mochila de Cascão em um momento de distração.

Na terceira parte, Denise encontra a garrafa de Cúmulus na mochila de Cascão, decifrando a mensagem da Madame. Ela tira a tampa e atira a garrafa em Cascão, possuído por sombra líquida, libertando Cúmulus. Ele começa a lutar com Cascão, demonstrando satisfação por estar ali se vingando dele, notando que ele estava diferente. Ele nota a sombra líquida dentro dele e a retira, ingerindo-a e ganhando uma coloração preta. Porém, ele começa a ouvir vozes tentando controlá-lo e atravessa o teto do hospital, sendo exposto a luz do sol e a sombra líquida dentro dele queima, consequentemente o matando.

Curiosidades[]

  • Denise se referiu a Cúmulus como "a criatura mais poderosa do planeta".
Advertisement