Wikia Super Saga do Fim do Mundo TMJ
Advertisement

“Hospital não é bagunça, não! Acham que é só chegar e ir entrando, assim? Tão pensando que aqui é a casa da mãe Joana?”
— Joana reclamando sobre o barulho da Turma

Joana é uma personagem da Super Saga do Fim do Mundo. Ela apareceu nas duas primeiras edições da saga A Torre Inversa e foi apenas mencionada no final da edição A Torre Inversa, Parte 3. Ela era uma recepcionista do Hospital Lázaro de Betânia, mas foi eventualmente transformada em Cérbero pelo Capitão Feio para cumprir seus planos.

Personalidade[]

Joana parece ser uma mulher estressada e ranzinza, já que ela gritou com a turma por simplesmente eles se cumprimentarem no hospital.

Aparência[]

Joana é uma mulher alta e magra, de pele clara e cabelos escuros. Ela veste um uniforme de recepcionista.

História[]

Quando o Cascão e a Mônica chegaram no Hospital Lázaro de Betânia para ver como Penha estava, os dois foram recepcionados por Denise, que os abraçou e os cumprimentou. Entretanto, Joana começou a gritar com eles, dizendo que eles estavam fazendo bagunça no hospital. Ela só parou quando o Dr. Stavros chegou e disse que eles estavam com ele.

Depois que o Capitão Feio ativou a Torre Inversa, ele transformou a recepcionista em Cérbero, um verme gigante de três cabeças que guardava as portas do Quarto Círculo, que ficava no necrotério. Cérbero lutou contra Penha e Sofia e até conseguiu engolir a última antes que turma chegasse com reforço, fugindo para o andar abaixo. Assim que o Capitão Feio foi derrotado, a DINÂMICA, que o estava caçando, conseguiu derrotar Cérbero, mas não se sabe se eles podem retorná-lo à forma humana.

Curiosidades[]

  • Joana é, claramente, uma referência a Meany Ranheta, uma personagem do desenho americano O Show do Pica-Pau. Além de se parecerem esteticamente, suas primeiras falas ("Chamando o Doutor Hans Xucruts") é uma referência ao episódio Chamando Dr. Pica-Pau, em que Meany convoca o Dr. Hans Chucrutes pelo interfone.
  • Na edição A Torre Inversa, Parte 2, quando Penha vê a Joana no corredor, ela sai gritando "Senhora?, Senhora?", uma referência à uma entrevista a Edinair Maria dos Santos Moraes, que saiu correndo da entrevista e a repórter a seguiu gritando as mesmas palavras.[1]

Referências[]

Advertisement