Wikia Super Saga do Fim do Mundo TMJ
Advertisement

Linha do Tempo mostra os eventos da Super Saga do Fim do Mundo cronologicamente.

Passado Distante[]

  • O Povo das Sombras, de acordo com o Falso Do Contra, são a espécie mais antiga do Universo, mortos a milhares de anos atrás. Entretanto, eles apenas "vivem" por conta da Serpente, uma entidade maligna e anciã cuja origem ainda é desconhecida. Eles evoluíram no planeta Terra bilhões de anos dos seres humanos aparecerem.
  • Tanto a Serpente e o Povo das Sombras foram expulsos da Terra por algo ou alguém, consequentemente aprisionados no Planeta Tumba, localizado em um nível mais subterrâneo da realidade conhecido como Universo Inferior. A Serpente, em especial, foi aprisionada no último de nove círculos dentro de um abismo no planeta. Desde então, ela vem planejando reconquistar a Terra em um evento chamado Fim do Mundo.
  • Durante a história da humanidade, o Povo das Sombras visitou a Terra para cumprir seus planos de dominação mundial, se infiltrando em certas comunidades. Para a maioria delas, que não conseguiam compreender o que eles realmente eram, os alienígenas se tornaram seus deuses, aparecendo em inúmeros registros deixados por diferentes civilizações.
  • Em algum ponto da história, foi criada a Casa de Hécate, um convento de bruxas que retiravam seu poder da Lua. Elas acumulariam poder e conhecimento durante séculos, que seriam passados de geração em geração.

Século XVI[]

  • Com a chegada dos europeus no continente americano, os Incas, um dos povos que cultuavam o Povo das Sombras, fugiu do Peru através de uma estrada que eles construíram chamada Peabiru. Carregando 750 toneladas de ouro, eles chegaram no sul do Brasil, precisamente no interior do que se tornaria o estado de São Paulo e lá, instruídos pelos seus "deuses", eles construíram um grande templo dentro de uma montanha. Esse templo, na verdade, era uma grande nave cheia de parafernálias tecnológicas que seriam usadas pelos alienígenas no futuro.
  • Depois que terminaram a construção do templo-nave, os Incas foram então todos sacrificados pelo Povo das Sombras para a criação de um rio enorme de Sombra Líquida, que correria embaixo daquelas terras. De acordo com Shub-Sogoth, essa seria a primeira vez que eles conseguiram sintetizar Sombra Líquida fora do Planeta Tumba.

Passado Próximo[]

Aproximadamente em 1870[]

Data Desconhecida[]

  • A Casa Fora do Tempo foi construída em algum momento por algum mago. Por conta de suas propriedades temporais, ela existe em várias épocas simultaneamente.
  • Em algum momento, a Tia Nena construiu a Torre do Vento Norte na região norte do Brasil, que serviria como seu refúgio.
  • As famílias mais influentes do Bairro das Pitangueiras, localizado no interior de São Paulo, viram que a sociedade moderna estava mergulhada no caos e desordem. Por conta disso, eles resolveram se unir e criar uma organização secreta cujo objetivo seria criar uma nova ordem mundial baseada em seus valores e princípios. Essa organização ficou conhecida como Casa de Asclépio. De alguma maneira, eles obtiveram o Octaedro das Sombras.
  • Para recrutar futuros membros para sua ordem, a Casa de Asclépio construiu o orfanato de mesmo nome no Bairro das Pitangueiras, que também funcionava como um hospital. Embaixo do orfanato, eles iniciaram a construção da Torre Inversa, uma passagem dimensional que conectaria nosso Universo com o Inferior, para poder então trazer o Povo das Sombras por ele e permitir que eles dominasse a Terra. Um casal de membros da Casa teriam dois filhos, uma menina e um menino, que passariam a morar no orfanato juntos de outras crianças.

Ao menos 40 anos atrás[]

  • Por conta de um deslizamento de terra causado por uma tempestade, os pais de um pobre menino foram soterrados e morreram. O garoto, que estava no porão lendo gibis na hora do acidente, conseguiu sobreviver, mas preso lá embaixo, ele morreria em pouco tempo. Entretanto, um servo da Serpente foi enviado até ele e o deu uma escolha: se o menino fizesse um pacto com ele, seus insetos o manteriam vivo até a ajudar chegar. Não querendo morrer, o garoto aceitou o acordo e a Centopeia disse que cobraria sua parte no futuro. Duas semanas depois, o menino foi achado e levado ao orfanato da Casa de Asclépio. Sentindo que o menino tinha uma conexão com seus mestres, o Sr. Malacai, líder da ordem, permitiu que ele ficasse lá, para mantê-lo na linha e talvez usa-lo no futuro.
  • Como parte de seu pacto, os insetos da Serpente passaram a vigiar o garoto de perto, dando a impressão que ele os atraia. Muitos no orfanato achavam que algo acontecia em seu coração. Agnes e Bóris, filho do casal da Casa de Asclépio, caçoavam do menino, que tinha o sonho de ser um herói como o Capitão Pitoco. Entretanto, por andar sempre sujo e com roupas rasgadas, os gêmeos os chamavam de Capitão Feio. Por conta do grande número de insetos que empestavam o orfanato/hospital, muitos adultos ou fugiram ou acabaram adoecendo e morrendo, como no caso dos pais de Agnes e Bóris.
  • Com a maioria dos adultos tendo ido embora, o orfanato foi fechado e outro hospital foi construído em seu lugar, chamado de Hospital Lázaro de Betânia. O garoto, sem nenhum lugar pra ir, foi adotado por uma enfermeira do orfanato e levado a sua nova casa adotiva.

1994[]

  • Na cidade de Sococó da Ema, na divisa de São Paulo e Minas Gerias, uma jovem moça servia doces em tapauers para as crianças pobres. Entretanto, sua filha, que era muito ciumenta e invejosa, acreditava que sua mãe não a dava muito atenção. Por conta disso, no dia 31 de outubro daquele ano, ela resolveu assustar as outras crianças ao colocar um crânio de jumento com galhos de chifres na cabeça e sair urrando por ai. Entretanto, como o crânio ofuscava sua visão, ela acabou caindo de um penhasco e morrendo afogada no rio logo abaixo.
  • Após saber da morte da sua filha, a moça ficou dias trancadas em casa, implorando por uma maneira de se vingar. Seus desejos foram ouvidos pela Serpente, que prometeu trazer sua filha de volta a vida caso ela se tornasse sua serva no futuro. A mulher, chamada Berenice, aceitou e iniciou o ritual ensinado pela entidade. Em um dia, ela distribuiu os doces com um sedativo às mesmas crianças que ela acusou de terem matado sua filha. Depois, ela os colocou nas fantasias que eles vestiam no dia e marcou cada um com a marca de IOR no braço. De uma em uma ela foi colocando as crianças dentro da Umbra, o plano entre a vida e a morte, através da Porta Vermelha, uma passagem que ela construiu em sua casa. Com o ritual perto do final, a filha da moça já estava quase voltando a vida. Entretanto, como o ritual só aceitaria corações corrompidos e as crianças eram inocentes, a casa inteira explodiu em chamas, queimando tudo menos a Porta Vermelha e Berenice, protegida em um círculo mágico. A última coisa que ela viu naquele dia foi uma das crianças levar o crânio da jumenta, uma peça chave do ritual, para dentro da Umbra, onde nem Berenice e sua filha poderiam entrar, já que, se fizessem, seriam mandadas ao inferno. Sem casa e sem o crânio, Berenice não podia completar o ritual. então decidiu ir embora de Sococó da Ema, enquanto sua filha passou a vagar na floresta, sem rosto e sem vida.
  • Os cidadãos de Sococó da Ema, sem entender verdadeiramente o que havia ocorrido naquela noite, resolveram criar uma lenda por trás do sumiço de Berenice, da morte de sua filha, do incêndio de sua casa e do desaparecimento das 7 crianças. Essa lenda falava sobre a Jumenta Voadora, um espírito que recompensava crianças boazinhas mas punia e levava crianças más para longe. O Dia das Bruxas foi então substituído pelo Dia da Jumenta Voadora, em que um grande festival acontecia.

Época da Turminha Clássica[]

  • Feitoso Araújo[2], o órfão da Casa de Asclépio, agora era um adulto que gostava de colecionar gibis velhos e de construir brinquedos de sucata, ensinando tudo isso a pessoa que ele mais amava, seu sobrinho Cascão. Entretanto, em um certo dia, ele ficou preso em seu quarto devido a uma estante de gibis caindo em cima dele. Novamente, ele foi visitado pela Centopeia de sua infância, que veio cobrar o preço por ter o salvado quando era menino: ele teria que se tornar o Cavalo Branco da Decadência, responsável por poluir tanto a Terra e cobrir sua atmosfera com nuvens negras, para que o planeta estivesse pronto para a volta da Serpente e do Povo das Sombra. De início, Feitoso não queria fazer mal a ninguém, mas a Centopeia ameaçou passar a responsabilidade para Cascão caso ele não aceitasse. Não querendo ver seu sobrinho sofrer por um pacto que ele fez, ele acabou aceitando, recebendo os poderes sujos e sendo rebatizado de Capitão Feio, o apelido que os gêmeos os davam no orfanato. Desde então, ele vem tentando cumprir sua missão de poluir a Terra, mas sempre foi impedido pela Turminha.
  • Alguns anos depois do que aconteceu em Sococó da Ema, Berenice ainda buscava uma maneira de trazer sua filha de volta a vida. Ela eventualmente chegou a barraca da Madame Creuzodete, que havia desistido de seu programa de TV para se tornar a protetora do planeta. Berenice, envelhecendo rapidamente por conta do pacto, disse a Madame que ela buscava ser uma aprendiz dos assuntos da magia. Entretanto, a Madame pode ver através de seu feitiço de glamour que sua alma estava condenada ao inferno, então ela viu em sua bola de cristal toda a sua trágica história e, mesmo sabendo de suas reais intenções, decidiu manter Berenice perto para ensiná-la sobre magia como uma força do bem. Porém, Berenice não se convenceu e usou seu novo conhecimento no sobrenatural para completar o ritual.
  • Quando a Magali nasceu, as bruxas da sua família, que faziam parte da Casa de Hécate (incluindo sua Tia Nena), viram que ela acumularia muito poder e conhecimento e que sua mente mortal não seria capas de suportar tudo isso, eventualmente enlouquecendo e destruindo o mundo. Para evitar esse cenário, elas resolveram colocar uma trava mental na cabeça da Magali que impediam que ela acessasse seus poderes. A trava podia ser derrubada com a frase "A Lua Chora Essa Noite", caso necessário, e levantada novamente com a frase "Pelo Martelo e Pela Fogueira".

Futuro Alternativo de Xavecão[]

No futuro de onde Xavecão veio, o mesmo não estava lá para salvar o Cebola de ser levado pelos Guardiões da Soleira até Berenice, resultando então em um futuro distópico e sombrio. Os eventos dessa linha do tempo alternativa estão listados abaixo.

2014[]

  • No Dia da Jumenta Voadora daquele ano, o Cebola foi levado pelos Guardiões da Soleira até Berenice, que o transformou no Quarto Guardião. Sem ninguém para impedi-la, ela se transformou na Jumenta Voadora e espalhou sua vingança pelo mundo, matando centenas de inocentes,
  • Como a mascara o tornava mais inteligente e manipulativo, além de aumentar seu desejo de dominar o mundo pra si, o Cebola convenceu os outros Guardiões que eles deveriam se unir para derrotar a Jumenta. Usando sua magia, a Maga da Lua conseguiu exorciza-la para todo o sempre, acabando com seu reinado de terror.
  • Tendo derrotado a Jumenta, a Magali também devolveu sua própria alma, a da Mônica e do Cascão de volta a seus corpos, mas o Cebola se recusou a voltar, sabendo que, na máscara, ele finalmente poderia dominar o mundo inteiro. O resto da Turma, não sendo mais malignos, descordaram dele e se separaram. De volta ao Bairro do Limoeiro, a Mônica contou a todos sobre os planos dele, e apesar de todos se aliarem a Mônica no início, o Cebola conseguiu convencer a maioria dos meninos de que ele dominar o mundo seria algo bom. Apenas dois meninos não ficaram do lado dele: Xaveco, que se aliou a Mônica, e o Cascão que, eventualmente, herdou os poderes do Capitão Feio e começou a bolar seus próprios planos para dominar o planeta.
  • Logo depois dessa separação, o Cebola e o Franja rapidamente criaram um super-vírus que, em menos de uma semana, infectou todos os computadores do mundo, incluindo os de industrias bélicas, fábricas, usinas de energia e até mesmo de armas nucleares. Temendo uma guerra nuclear, as nações do mundo se renderam ao Cebola, que se tornou um ditador tirânico.

2015[]

  • Em pouco menos de um ano, o Brasil ficou irreconhecível dentro do governo do Cebola. As cidades se tornaram lugares inóspitos, frios e violentos, com muita opressão governamental. Para fugir do controle do Cebola, o restante da Turma do Limoeiro, liderados pela Mônica, fugiram para o leste do país, precisamente n casa de praia do Xaveco. Lá, eles passaram a viver uma vida mais simples, sem tecnologia, pois ela era controlada pelo Cebola.
  • Com o passar do tempo, o Cebola, situado em Brasília[3], decidiu expandir ainda mais seu império ao leste, alcançado a casa de praia do Xaveco. Sabendo que Mônica não poderia lutar sozinha para sempre, as meninas, o Xaveco e alguns pais das famílias passaram a treinar como lutar, formando um movimento de resistência chamado de Amazônicas. Neste meio tempo, o Xaveco e a Denise acabaram se apaixonando e virando namorados.
  • Provavelmente nesta época, a Magali acabou descobrindo seus poderes e os desbloquearam permanentemente. A Tia Nena, a Bruxa Viviane e a Ramona tentaram selá-los novamente, mas acabaram desintegradas. Tomando a Torre do Vento Norte de sua tia após a morte dela como refúgio, a Maga Li transformou todo o norte do país em uma região glacial.

2016[]

  • Dois anos após o Cebola ter dominado o mundo, as nações ficaram cansadas da opressão e resolveram retaliar o governo mundial. Sabendo que era uma questão de tempo até o Cebola iniciasse o holocausto nuclear e matasse todo mundo, a Mônica resolveu enviar a Denise até a Torre da Maga Li para que ela aprendesse um feitiço para separar o espírito do Cebola de sua máscara, o matando e acabando de vez por todas com a sua tirania global.

2017[]

  • Um ano após estudar magias com a Maga Li, a Denise não conseguiu encontrar o feitiço que a Mônica procurava, mas acabou aprendendo muitos outros truques. Em seu novo plano, ela resolveu usar a Casa Fora do Tempo para viajar ao passado, precisamente no dia 31 de outubro de 2014, para impedir que o Cebola se tornasse um Guardião da Soleira e causar toda essa bagunça. A Mônica, aprovando essa ideia, ordenou que Denise, Xaveco, Sofia e Marina viajassem ao passado.
  • Entretanto, por conta do ciborgue espião conhecido como o Silencioso, o Cebola ficou sabendo desse plano e enviou um batalhão de robôs e ciborgues, incluindo o mais poderoso deles, Crematorium, para impedir que eles viajassem ao passado. Mônica ordenou que o grupo selecionado fosse até a casa, mas como ela era protegida por uma magia ancestral própria, a Marina não pode coloca-los lá dentro, teletransportando-os a uma distância dos limites da casa. Chegando lá, eles foram confrontados pelo exército do Cebola, pelo Crematorium e pela Maga Li, que resultou na morte da Sofia e do antigo casal. Como a Marina decidiu voltar para ajudar as outras Amazônicas, apenas Denise e o Xaveco seguiram com o plano.
  • Dentro da Casa Fora do Tempo, a Denise iniciou o ritual para que eles chegassem na época certa, mas como eles estavam sendo seguidos e espiados pelo Silencioso, a dupla acabou se separando no tempo, com Xaveco, agora conhecido como Xavecão para se diferenciar do seu eu passado, ficando na época certa e Denise viajando 17 anos no passado. Mesmo sozinho, Xavecão conseguiu concluir o plano, apagando completamente o futuro distópico de onde ele veio.

Referências[]

  1. A Madame Creuzodete fez 135 anos um mês antes dos eventos de Sombras do Passado. Assumindo que a Super Saga ocorra na década de 2010, então é possível que a Madame tenha nascido na época de 1870.
  2. https://monica.fandom.com/pt-br/wiki/Capitão_Feio
  3. De acordo com Emerson, cada um dos personagens principais da Turma havia ficado com uma das quatro regiões cardinais do país. O Cebola ficou a oeste porque o ditador do país teria que ficar em Brasília.
Advertisement